Mesmo sem não ter passado no último concurso para a Polícia Militar, a jovem ao lado (foto) estava há uma semana fazendo o Curso de Formação de Praças, entre os 388 que foram aprovados em todas as etapas para se tornarem policiais.
A moça, para surpresa dos participantes, é irmã de um traficante que reside em Santa Rita e é membro do Primeiro Comando da Capital, além de outro parente de alta periculosidade que mora no Pará.
A entrada dela no grupo mostrou a vulnerabilidade do que realizam o concurso e encaminham a relação dos nomes dos aprovados, no caso a fundação que normatizou o concurso.
A senhorita já exibia várias fotos no celular do CFAP, reserva de armamentos. Ela foi algemada ontem à noite e levada para o Manelão, prisão no Quartel da PM.

Por Luis Cardoso

by 20:35 0 comentários