A Polícia Militar prendeu no final da tarde deste domingo (24) um adolescente de 17 anos suspeito de participar do assalto que ocorreu em Panaquatira, em São José de Ribamar, no fim da noite deste sábado (23), e terminou com a morte de três pessoas, entre elas um soldado do 6º Batalhão da Policia Militar identificado como Max Muller Rodrigues de Carvalho.
O adolescente estaria no velório de um dos assaltantes mortos no conflito quando foi encontrado pela polícia. O jovem confessou a participação no crime e entregou à polícia o nome dos outros quatros criminosos que também estavam na ação. Um deles seria o ex-presidiário acusado tráfico de drogas, Geandro da Silva Santos.

Chacina foi a 2ª ação da noite
Segundo o delegado titular da Delegacia de Homicídios, Jeffrey Furtado, que esta investigando o caso, o assalto à casa onde foram mortos os três jovens e os dois criminosos foi a segunda ação do grupo na noite de sábado. Os sete já teriam assaltado uma residência localizada a 200 metros de onde estava acontecendo a festa. “A residência é bem próxima a outra casa, uns 200 metros. Eles levaram tudo”, disse o delegado

Ainda segundo o delegado, a polícia encontrou diversos pertences no primeiro assalto na casa do menor preso nesta tarde. “Era parte dos objetos levados no primeiro assalto como chapinha de cabelo, perfume, óculos e objetos de uma bola de mulher”, finalizou o delegado.

Do G1

by 10:53 0 comentários