Do G1 GO
A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (25), que as rodas do carro de Cristiano Araújo não eram originais de fábrica. O cantor e a namorada morreram após o motorista perder o controle da direção do veículo e capotar na BR-153, entre Morrinhos e Pontalina. Ainda será feita uma investigação junto à fabricante do automóvel para saber se essa alteração pode ter ligação com o acidente. A prima do empresário do cantor, afirmou que um dos pneus estourou.
No veículo também estavam o motorista do cantor Cristiano Araújo, Ronaldo Miranda, e um dos empresários dele, Victor Leonardo. Eles estão internados no Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG) em estado estável, mas sem previsão de alta.
Para o delegado, a descoberta que as rodas não eram originais de fábrica é motivo para novas investigações. A informação foi passada por um revendedor da Land Rover, empresa que desenvolveu o Range Rover, carro do cantor.

“Observando as rodas do carro do cantor, ele nos informou que eram de tamanhos diferentes das originais de fábrica. Agora vamos solicitar uma análise técnica com a participação de peritos da fábrica para pegar informações técnicas que ficam salvas no sistema do veículo e ver se essa alteração nas rodas pode ter contribuído para o acidente”, disse o delegado Fabiano Henrique Jacomelis. Com isso será possível também definir a velocidade do veículo no momento da saída de pista.

by 07:23 0 comentários