Um policial militar e mais dois homens foram detidos suspeitos de envolvimento no roubo de uma carreta dos Correios, que transportava máquinas fotográficas, computadores e aparelhos celulares. O roubo ocorreu na manhã de quarta-feira (24), na rodovia BR-010, entre os municípios de Dom Elizeu e Ulianópolis, na região sudeste do Pará, segundo informações fornecidas pelo major PM Marcelo Ribeiro.
No mesmo dia, através de denúncias anônimas, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e policiais militares encontraram o veículo em uma estrada vicinal, na zona rural de Ulianópolis. Três homens foram detidos no local e outros três, que também estariam envolvidos no crime, conseguiram fugir. Um dos fugitivos também seria policial militar. Eles descarregavam diversas caixas com os produtos roubados no meio da mata”, acrescentou o oficial da PM. 

No local, em Ulianópolis, a polícia ainda apreendeu veículos usados pelos assaltantes, sendo duas picapes, uma caçamba e uma motocicleta. Os suspeitos Rogério Lima de Araújo, 25, Leandro Curvino Sena, 26 anos, e Vitor da Silva Miranda, que é soldado da Polícia Militar, foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Ulianópolis, onde foram reconhecidos pelo motorista da carreta dos Correios. O trio preferiu nada declarar. A vítima também não quis falar com a imprensa com medo de sofrer represálias.
“É inadmissível um policial militar estar envolvido na bandidagem; isso a corporação não vai aceitar nunca. As providências legais cabíveis estão sendo tomadas em nível de alto comando e ele (soldado PM Vitor) responderá pelos seus atos”, informou ainda o major PM Ribeiro, lotado em Ulianópolis.
O delegado responsável pelo caso, Pedro Rocha, informou que autuou “os suspeitos em flagrante, por crime de roubo”. O soldado PM Vitor ficou de ser transferido para o presídio Anastácio das Neves, em Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém (RBM).

Por Tiago Silva

by 13:31 0 comentários