Bebê com microcefalia (foto: internet).

Os números aumentam a cada dia de bebês que nascem, infelizmente, com microcefalia no Maranhão, conforme revelado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), que acompanha o emblemático vírus originada pelo mosquito Aedes aegypti.

No Maranhão, foi registado até na noite desta segunda-feira (21), de acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), 80 casos de bebês com microcefalia em 38 municípios.

O zika vírus é uma infecção causada pelo vírus zikv, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue da febre chikungunya.

De acordo com a Secretaria de Saúde, foram afetados os municípios de Açailândia (1), Aldeia Altas (1), Axixá (1), Barra do Corda (3), Buriticupu (6), Buritinara (1), Campestre (1), Caxias (1), Chapadinha (1), Codó (1), Coroatá (2), Davinópolis (1), Dom Pedro (2), Esperantinópolis (1), Grajaú (1), Humberto de Campos (1), Imperatriz (5), João Lisboa (1), Loreto (1), Mata Roma (1), Miranda (1), Paraibano (1), Pedreiras (1), Pio XII (1), Presidente Dutra (2), Santa Inês (2), Santa Rita (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Domingos do Azeitão (1), São Francisco do Brejão (1), São João dos Patos (2), São José de Ribamar (5), São Luís (21), Senador La Roque (1), Timon (2), Trizidela do Vale (1), Turiaçu (1), Urbano Santos (1) e Viana (1).

Dentre os casos apresentados, um óbito ocorreu em São José de Ribamar.

by 05:24 0 comentários