Depois de a campanha ter sido realizada na zona urbana, chegou à vez da zona rural. Novo Bacabal e Córrego Novo serão as próximas localidades. A vacinação será realizada no próximo sábado, dia 30 de janeiro. 
Donos de cães e gatos devem levar seus animais até os pontos onde as vacinas estarão disponibilizadas durante o dia todo. Embora, nos dias de hoje, a raiva seja uma doença controlada, ela ainda é uma grande preocupação. Incurável nos animais e fatal em praticamente 100% dos casos, a doença é uma zoonose e, portanto, também pode afetar os seres humanos – sendo que a vacina antirrábica é, ainda hoje, a sua única forma de prevenção. 
Todos os anos cães e gatos devem ser vacinados contra a raiva a partir dos cinco meses de idade, com exceção de gestantes. Trata-se de uma doença onde o vírus se alastra pelo sistema nervoso central de animais de “sangue quentes domésticos ou selvagens, ou seja, cães, gatos, macacos, morcegos e outros, incluindo o homem”. Ela é transmitida ao ser humano através do contato da saliva (mordida ou lambedura) de animais que estão contaminados pelo vírus, bastando que algum tipo de ferida já existente entre em contato com a saliva do animal doente. 

Os principais sinais clínicos da raiva são: perda de apetite, alterações de comportamento, agitação e agressividade, sendo estes os primeiros, seguidos de agitação, agressividade extrema, falta de coordenação motora, paralisia de músculos da deglutição e da mandíbula que resulta em salivação e dificuldade em deglutir. Caso seu animal de estimação apresente alguns destes sintomas, procure um médico veterinário o quanto antes para iniciar o tratamento o mais rápido possível, já que em questão de onze dias seu animal pode vir a óbito. 

As reações em relação à vacina são raras, mas quando ocorrem costumam apresentar dor no local da aplicação e uma febre que pode durar entre 24h e 48h. Porém, as reações do tipo alérgica, com vermelhidão das orelhas e inchaço do focinho são importantes e o veterinário deve ser procurado. Verifique a carteira de vacinação de seu animal e mantenha as vacinas em dia!

ASCOM PMA


by 19:25 0 comentários