A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, na manhã deste domingo (28), relatório das ocorrências das últimas 24h nas rodovias federais que cortam o Maranhão. No total, foram registrados oito acidentes, seis deles com feridos, um com danos materiais e um com um motorista morto.
Em Imperatriz, na BR 010, km 243, nas proximidades do povoado Bananal, por volta das 22h, houve uma colisão frontal, por desrespeito à sinalização, envolvendo dois veículos e resultando em óbito de João Gabriel Scacabarozi, 34 anos.

Apreensão de caminhonetes
Policiais rodoviários federais do Grupo de Patrulhamento Tático da delegacia metropolitana da PRF em São Luís apreenderam nos primeiros minutos deste sábado (27) uma caminhonete Toyota Hilux. A fiscalização aconteceu no km 23 da BR 135, no bairro Estiva, próximo ao limite da Ilha de São Luís com o continente.
Os agentes abordaram o veículo, conduzido por um motorista que aparentava ter mais de cinquenta anos de idade, fizeram a fiscalização do condutor e em seguida solicitaram a apresentação dos documentos. Enquanto faziam buscas no interior do veículo e iniciavam os procedimentos de fiscalização dos elementos de identificação, os policiais foram surpreendidos pela fuga do motorista, que desceu veloz um barranco e conseguiu adentrar no mato no sentido do mangue.
A fiscalização ainda realizou diligências para prendê-lo, mas sem sucesso. Logo em seguida, os policiais descobriram que os elementos de identificação da caminhonete estavam adulterados e, após levarem a ocorrência para a Vila Embratel, o veículo foi reconhecido como clonado sendo que o mesmo havia sido roubado em Goiânia. A placa usada era NKX 1227 MA e a original é NKZ 9140 do Estado do Goiás. Os policiais continuam tentando identificar o suspeito para se chegar aos autores do crime de roubo e receptação.
No início da noite de sábado (27), policiais da PRF em Santa Inês apreenderam mais uma Hilux com elementos de identificação adulterados. Ao fazerem a fiscalização no veículo, constataram a adulteração de sinais identificadores, como o chassi e outros elementos.
O condutor informou que adquiriu o veículo em uma revendedora da cidade de Santa Inês-MA e que havia levado o mesmo para inspeção e não sabia da origem ilícita da caminhonete. Ocorrência encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil do município de Santa Inês-MA.

Fonte: CIOP PRF

by 07:13 0 comentários