Na solenidade estiveram presentes o Prefeito Juscelino Oliveira, Secretários, o Juiz Dr. Pedro Guimarães, o Promotor de Justiça, Dr.Gleudson Malheiros, a Promotora Glauce Mara, a Delegada da Mulher Sylviane Tenório, e a Secretária de Assistência Social, Fátima Camelo. O evento marcou o reinicio das atividades do CRAM-Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, e também apresentar a nova equipe que fará parte do Centro. 

“O CRAM reabre em um momento muito oportuno, porque aumentou o número de casos em que as mulheres têm denunciado a violência sofrida, sendo assim, o Centro vem dar o suporte e apoio necessário para essas mulheres fragilizadas”, afirmou a Promotora Dra. Glauce Maura. 
O CRAM tem como papel oferecer atendimento psicossocial em aconselhamento jurídico às mulheres em situação de violência, prestar orientação, informação e articular com os órgãos governamentais e não governamentais que integram a rede de atendimento a mulher. “O atendimento as mulheres é imprescindível, prestando o apoio e acolhimento necessário que elas precisam no momento de dificuldade”, enfatizou o Promotor de Justiça Dr. Gleudson Malheiros. A Secretária de Assistência Social aproveitou a ocasião e compartilhou da alegria de reabrir as atividades do CRAM, e na oportunidade apresentou a nova equipe, que conta com uma advogada, assistente social, psicóloga, recepcionista, orientadora, coordenadora geral, secretária executiva e um motorista. “O Centro deve contribuir para eliminar preconceitos que perpetuam contra as mulheres, juntos vamos mobilizar as instituições ligadas à mulher para realizar esse trabalho juntos, eu estou muito feliz pela retomada dos trabalhos e por apresentar a nossa nova equipe do CRAM”, destacou a Secretária Fátima Camelo. 

“Estamos muito gratos por estar aqui, pelo voto de confiança, agradeço ao Prefeito Juscelino Oliveira por estar realizando um belo trabalho, reiniciando os programas que estavam parados, a luta é árdua, mas quando andamos juntos nós conseguimos vencer”, afirmou a Coordenadora geral do CRAM, Lucinete Freitas. 

O Centro foi criado através da Lei Municipal 318, funcionando e ligado a vários órgãos que atuam no combate a violência contra a mulher, a Delegada da Mulher ressaltou a importância da retomada. “É com grande satisfação que estamos aqui hoje, porque não basta à mulher ir à delegacia denunciar, ela precisa também ser tratada, e é essa função cabe ao CRAM, pois precisamos dessa ligação atuando juntos”, informou a Delegada Silviane Tenório. 

O Dr. Pedro Guimarães parabenizou o Prefeito Municipal pela iniciativa. “Eu parabenizo o Prefeito e a Secretária por reativar o CRAM e gostaria de salientar que o poder judiciário tem interesse em participar dessa rede, e espero que o CRAM funcione com toda força e garra”, destacou o Juiz. 

O Prefeito Juscelino Oliveira em uso da palavra afirmou que o Poder Executivo está pronto para ajudar naquilo que for preciso, e que um veículo será adquirido e repassado para o órgão e intensificar os trabalhos. “Nós já concluímos o processo de licitação de compra do carro para o CRAM, que irá ajudar e apoiar a equipe, aproveitando o momento eu quero desejar um excelente trabalho á todos que estarão envolvidas nessa luta e aproveitar para enfatizar o nosso apoio irrestrito, e sempre que nos for solicitado enquanto eu estiver na gestão atenderemos prontamente”, finalizou o Prefeito Municipal. O Centro de Referência de Atendimento à Mulher está localizado na Av. Dr. José Edilson Caridade Ribeiro, Residencial Tropical.

ASCOM/PMA

by 22:08 0 comentários