O deputado estadual Wellington do Curso tem sido disputado por vários partidos com objetivo de disputar as eleições municipais em São Luis em 2016.

Os convites partem de partidos como PP, PSB, PMB, PV e até do PMDB. Ou seja, legendas tanto da base do governo Flávio quanto da oposição.
Evidente que alguns desse convites não passam de espertezas de certos dirigentes partidários para, ao contrário de fazer Wellington do Curso candidato a prefeito, tão somente tirá-lo da disputa ou, no máximo, fazê-lo de vice em alguma chapa.

Contudo, o parlamentar (ainda sem partido) não é tolo e tem feito alguns movimentos dignos dos chamados “profissionais da política”, tanto que a sua saída do PPS em cima dos “45 minutos do segundo tempo” não só deixou boa parte da classe política de boca aberta, como fez com que o seu celular não parasse de tocar com ligações de deputados e presidentes de partidos convidando-o para filiação em suas respectivas legendas.

O fato é que Wellington do Curso, além de fazer um dos mandatos mais atuantes da Assembleia Legislativa do Maranhão, tem sido implacável na oposição à administração do prefeito Edivaldo Holanda. Criticando pontos que considera ruins da atual gestão da cidade, mas também propondo alternativas de melhorias para a capital maranhense.

É essa postura politica que o credenciou a postular uma eventual candidatura a prefeito de São Luis.

E, por conseguinte, virar o “sonho de consumo” de vários partidos…

Do Blog do Robert Lobato 

by 13:53 0 comentários