Deputado Zé Inácio (PT)


O deputado Zé Inácio comentou na sessão desta segunda-feira (18) a votação do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff que aconteceu no ultimo domingo (17), cujo resultado decidiu pela continuação do processo.

“Quero usar este espaço para render homenagem aos bravos deputados federais do Maranhão que tiveram a coragem de votar contra o golpe e votar a favor da democracia. E aí faço questão de citar o nome de todos eles: deputado Aluísio Mendes; deputado Rubens Júnior; deputado Waldir Maranhão; deputado Weverton Rocha; o deputado Pedro Fernandes; o deputado João Marcelo; o deputado Júnior Marreca e o deputado Zé Carlos, do PT.”, disse o deputado.

Zé Inácio comentou ainda a postura de alguns deputados que votaram a favor do impeachment, quando estes chegaram ao poder por ajuda do atual governo.

“São deputados que não tiveram ou não têm a hombridade, o senso ético de dizer: aqueles cargos que um aliado meu ocupa no estado, isso ocorre e ocorreu em vários estados, a partir de agora eu peço que seja exonerado. Talvez a hombridade e ética não estejam em seus dicionários, mas era o mínimo que eles deveriam fazer.”, afirmou.

O deputado relembrou o dia 17 de abril de 1996, que também ficou marcado na história pelo massacre de 19 lideranças do Movimento sem Terra (MST), assassinadas no pará durante o governo do ex-presidente FHC e Almir Gabriel como governador do Pará, ambos do PSDB.

Zé Inácio disse ainda que o resultado do domingo não foi determinado pelo povo que foi as ruas nem pela impopularidade do governo Dilma, mas sim pelas eleições de 2018, tanto no plano nacional quanto estadual.

“O que determinou aquele resultado de ontem não foi só o povo ter ido às ruas, não foi só a impopularidade da Presidente Dilma, mas o que está em jogo é 2018, no plano nacional e nos estados. Porque muitos parlamentares, quando se manifestaram, olharam para seus estados e no Maranhão não foi diferente, ao meu entender a posição de votar, principalmente contra o governo, a favor do impeachment, foi olhando para 2018.”, disse o parlamentar.

O deputado terminou dizendo: “A coragem não nos falta para continuar a luta, de cabeça erguida, com a esperança no Senado Federal. A esperança continua e continuamos firmes e fortes na luta em favor da democracia e contra o golpe.”, afirmou Zé Inácio.

by 03:55 0 comentários