Deputado Hildo Rocha (PMDB)
A política econômica do Governo Flávio Dino foi alvo de críticas do deputado Hildo Rocha. Em pronunciamento na Sessão Plenária desta quarta-feira (27) Rocha afirmou que das 27 unidades da Federação o Maranhão é que reúne melhores condições para sair da crise e se desenvolver de maneira mais rápida. Mas, segundo o parlamentar, isso não acontece porque o Governador Flávio Dino cria obstáculos para a atração de novas empresas. “Dino aumentou impostos, taxas e todos os tipos de tributos. Hoje o Maranhão cobra o ICMS (Imposto sobre Serviços e Circulação de Mercadorias) com alíquotas bastante altas, aterrorizando investidores”, destacou.

Desemprego crescente
Rocha enfatizou que isso tem contribuído para a elevação do índice de desemprego. O Maranhão registrou, nos três primeiros meses do ano, o maior número desempregados, segundo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho. “Só nos meses de janeiro, fevereiro e março o Maranhão desempregou quase 12 mil pais de famílias graças à politica econômica equivocada, do Governador Flávio Dino e da sua equipe”, declarou Rocha.

Potencial desperdiçado

O parlamentar enfatizou que no próximo mês de junho será inaugurada a expansão do Canal do Panamá. Rocha disse que a inauguração da nova eclusa vai possibilitar que navios de grande porte, os pós-panamax possam atravessar do Atlântico para o pacifico e do Pacífico para o Atlântico.

“Isso favorece muito o Estado do Maranhão porque nós temos o porto de maior profundidade do país, com mais de 27 metros de profundidade. Os navios que se utilizam do porto do Itaqui poderão utilizar o canal, as empresas de navegação serão favorecidas. Isso faz do Maranhão um estado bastante atrativo, mas, o governador não tem essa percepção”, lamentou Rocha. 

“É preciso que o governador entenda que da maneira como ele está administrando jamais irá criar empregos e desenvolver o nosso Estado”, afirmou Hildo Rocha.

by 06:21 0 comentários