Segundo os policiais, o receptador viria do Piauí para pagar pela carga e entregar na cidade de Balsas para uma pessoa que já foi presa antes pelo mesmo crime. Foi feita campana no local marcado para fazer o transbordo da carga e por volta das 23h de quinta-feira (31) .
A Polícia Civil do Maranhão, por meio da equipe da 11ª Delegacia Regional de Balsas, desarticulou uma quadrilha interestadual de furto e receptação de carga de soja e recuperou em torno de 300 toneladas de soja, inclusive identificando o armazém no Estado do Piauí onde estão 70 toneladas de carga desviada da região.
Na madrugada de quinta-feira (31), enquanto participavam da operação 'Maranhão Seguro', os policiais receberam informações sobre uma movimentação estranha de homens no pátio de uma pousada localizada no Povoado Buritirana, no município de Loreto. Eles relatam que foram ao local indicado e lá encontraram um caminhão estacionado no pátio, onde estavam Aureliano Fonseca Damasceno e Valdineres Pereira dos Santos. Os dois confessaram que estavam com 16 toneladas de soja que haviam acabado de transferir de outro caminhão.
Na sequência das investigações, a equipe descobriu estava agendado para o dia seguinte o desvio de mais 20 toneladas que seriam retiradas de quatro caminhões. Os motoristas presos no local marcado foram identificados como José Flávio dos Santos Ferreira (Mayk Taison), Mauro Charles da Silva (Pica-Pau), Kennedy Rodrigues Ribeiro (Keninho) e Washington Alves de Siqueira Filho (Neném).

Segundo os policiais, o receptador viria do Piauí para pagar pela carga e entregar na cidade de Balsas para uma pessoa que já foi presa antes pelo mesmo crime. Foi feita campana no local marcado para fazer o transbordo da carga e por volta das 23h de quinta-feira (31) quando José Wilson de Sousa Pimentel chegou e recebeu voz de prisão. No veículo dele havia centenas de sacos e uma máquina de costurar sacos.

Por Gilberto Lima

by 07:25 0 comentários