O município de Balsas poderá ter um centro de pesquisa e reprodução pesqueira. Os recursos foram garantidos por emendas do senador Roberto Rocha, em lei orçamentária publicada no Diário Oficial da União em favor da Embrapa Cocais para execução dos Projetos “Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica de Beneficiamento do Pescado em Balsas/Ma” e “Produção de Alevínios em Balsas – Ma”.

Na manhã da última sexta-feira (8), Roberto Rocha recebeu, em seu escritório de representação em São Luís, o chefe-geral da Embrapa Cocais, Waldemício Ferreira de Sousa, Flávio Favalo Blanco, chefe de pesquisas da Embrapa Meio-norte, Ivana Machado Fonseca, chefe-adjunta de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Cocais e Laurindo Rodrigues, pesquisador com conhecimentos em aquicultura. A equipe fez uma apresentação sobre a potencialidade dos dois projetos, indicando que tipo de pescado poderia ser foco dos investimentos. Os valores garantidos são da ordem de R$ 1.700.000,00, sendo 600 mil (seiscentos mil reais) para transferência de Tecnologia Desenvolvida para a agropecuária e um milhão e cem mil para a implantação de unidades de beneficiamento de pescado.
De acordo com o senador, só há vantagens para os investimentos na região : “A obra para a região impulsiona a economia do sul do Estado, beneficiando tanto o pequeno, quanto o grande piscicultor. O Maranhão possui mais da metade das águas do nordeste. É preciso trabalhar essas oportunidades em benefício da população e do desenvolvimento da região”
A aquicultura, segundo informações do pesquisador Laurindo Rodrigues ( Embrapa), é o setor da produção de alimentos que mais cresce no mundo. Para o Brasil e o Maranhão, a importância está em suprir a população com boa alimentação, solucionar problemas ambientais e impactos de biodiversidade causados por extinção, e geração de empregos , no caso de comercialização em larga escala.O município de Balsas poderá ter um centro de pesquisa e reprodução pesqueira. Os recursos foram garantidos por emendas do senador Roberto Rocha, em lei orçamentária publicada no Diário Oficial da União em favor da Embrapa Cocais para execução dos Projetos “Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica de Beneficiamento do Pescado em Balsas/Ma” e “Produção de Alevínios em Balsas – Ma”.
Na manhã da última sexta-feira (8), Roberto Rocha recebeu, em seu escritório de representação em São Luís, o chefe-geral da Embrapa Cocais, Waldemício Ferreira de Sousa, Flávio Favalo Blanco, chefe de pesquisas da Embrapa Meio-norte, Ivana Machado Fonseca, chefe-adjunta de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Cocais e Laurindo Rodrigues, pesquisador com conhecimentos em aquicultura. A equipe fez uma apresentação sobre a potencialidade dos dois projetos, indicando que tipo de pescado poderia ser foco dos investimentos. Os valores garantidos são da ordem de R$ 1.700.000,00, sendo 600 mil (seiscentos mil reais) para transferência de Tecnologia Desenvolvida para a agropecuária e um milhão e cem mil para a implantação de unidades de beneficiamento de pescado.

De acordo com o senador, só há vantagens para os investimentos na região : “A obra para a região impulsiona a economia do sul do Estado, beneficiando tanto o pequeno, quanto o grande piscicultor. O Maranhão possui mais da metade das águas do nordeste. É preciso trabalhar essas oportunidades em benefício da população e do desenvolvimento da região”

A aquicultura, segundo informações do pesquisador Laurindo Rodrigues ( Embrapa), é o setor da produção de alimentos que mais cresce no mundo. Para o Brasil e o Maranhão, a importância está em suprir a população com boa alimentação, solucionar problemas ambientais e impactos de biodiversidade causados por extinção, e geração de empregos , no caso de comercialização em larga escala.

by 19:12 0 comentários