A Câmara Municipal de Itinga do Maranhão ficou pequena para receber autoridades civis, religiosas e militares, e ainda a população em geral, que foram prestigiar a solenidade de diplomação dos eleitos nas eleições do último dia 02 de outubro.

Presidida pela juíza da 98ª zona eleitoral de Açailândia (responsável pelo município de Itinga), Dayna Leão Tajra Reis Teixeira, o evento ocorreu nesta quinta-feira (15), criteriosamente ás 15 horas, e a mesa foi composta pela promotora 98ª zona, Sandra Fagundes Garcia, e a presidente do legislativo municipal, Gelciane Torres da Silva.

Logo após os agradecimentos iniciais foram diplomados (em ordem alfabética) os onze vereadores eleitos: Aloizio Sousa do Carmo, Alzenir Teixeira da Silva, Antônio Gonçalves Cavalcante, Francisco das Chagas Nascimento, Gelciane Torres da Silva, Jadson Alves Carvalho, Leandro da Silva Cordeiro, Luizelton Borges da Silva, Maxwil de Oliveira Reis, Raidean Silva Conceição e Raimundo Neto Pereira da Silva. Já o vice prefeito eleito, Paulo Roberto Carvalho, recebeu seu diploma das mãos da promotora Sandra Garcia.

Por fim, o novo prefeito de Itinga na gestão 2017/2020, recebeu da juíza Dayna Leão o diploma de chefe do executivo municipal.

Discursos
Em seu discurso Lúcio agradeceu a Deus, familiares, amigos e a população de Itinga. “Agradeço também a todos os juízes e promotores eleitorais, ao meu partido PSDB, que confiou em mim, ao meu amigo e vice Paulo Roberto, e aos 92 candidatos a vereadores que estiveram ao nosso lado”.

Flávio reafirmou o compromisso de trabalho feito durante a campanha. “Buscaremos apoio dos governos estadual e federal, e de deputados amigos do Itinga. Daremos prioridade a saúde, infraestrutura e educação, mas não nos esqueceremos do trânsito, da zona rural e da geração de emprego e renda para nosso povo”.

O prefeito eleito encerrou suas palavras garantido transparência e eficiência em eu governo. “A partir de 1° de janeiro eu tenho uma família de mais de 25 mil pessoas para cuidar. Nossa administração se baseará na fé em Deus, e na seriedade e eficiência da gestão pública, não existindo espaço pra corrupção e tão pouco para o mal feito”.
A juíza Dayna Leão em seu discurso agradeceu a todos os colaboradores da Justiça Eleitoral, e destacou as grandes transformações ocorridas neste período. “As eleições municipais deste ano realizaram-se no ano em que grandes mudanças ocorreram no processo eleitoral. Como exemplo destaco a lei da Ficha Limpa, lei de iniciativa popular, resultado da vontade do povo brasileiro, que deu um claro aviso de que não tolera mais a transgressão das leis eleitorais e malversação da coisa pública, e exigiu que políticos de vida pregressa irregular fossem banidos do processo eleitoral , por não reunirem condições morais para gerir o patrimônio público e para realizar a concretização do interesse social”.
Leão parabenizou os eleitos, lembrando aos mesmos sobre a responsabilidade com a gestão de recursos públicos. “A Justiça Eleitoral confia e espera que todos os candidatos eleitos exerçam seus mandatos verdadeiramente compromissados com o interesse público, com os princípios constitucionais e com os valores fundamentais da democracia, único regime político capaz de garantir liberdades fundamentais, a igualdade de direitos e a dignidade da pessoa humana”.

 Fonte: Jornal do Maranhão



by 20:46 0 comentários