O escritor, poeta e teatrólogo morreu no Hospital Copa D'Or na Zona Sul do Rio. A causa da morte ainda não foi divulgada
O Estado de São Paulo

O escritor, poeta e teatrólogo Ferreira Gullar morreu na manhã deste domingo (4), no Rio de Janeiro, aos 86 anos. Gullar estava internado no Hospital Copa D'Or, na Zona Sul do Rio. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Gullar era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2014. Ele nasceu em São Luís (MA), em 10 de setembro de 1930.

Perseguido durante a ditadura, o escritor se exilou em Buenos Aires, onde escreveu uma das suas principais obras, “Poema sujo” (1976). 

Gullar voltou ao País somente em 1997 onde trabalhou em jornais e como roteirista de TV.

by 06:31 0 comentários