O homem identificado como Cláudio Lima Reis, de 40 anos, morreu na manhã desta terça-feira (27) em uma das praias da Litorânea, na área do prolongamento, orla de São Luís. O corpo foi retirado do mar por equipes do Corpo de Bombeiros e do Centro Tático Aéreo (CTA).

Cláudio e a família são de Brasília e estavam passando férias em São Luís. Familiares disseram que eles haviam acabado de almoçar quando Cláudio resolveu dar um mergulho. Ele não tinha consumido bebida alcoólica.

Uma banhista identificada como Elisângela Gomes percebeu que o homem estava se afogando e acionou os bombeiros. Em entrevista, ela disse que a família da vítima, por ser de outro estado, não conhece os pontos perigosos e reclamou da falta de sinalização na praia. Segundo ela, os salva vidas chegaram em cinco minutos ao local do afogamento, mas a estrutura para retirar o corpo da água demorou aproximadamente uma hora e meia.

Cláudio era funcionário público e deixa esposa e um filho de cinco anos. De São Luís, a família iria para Fortaleza, no Ceará.

Segundo o capitão Leonardo Mendonça, do Corpo de Bombeiros, a área em que o turista estava é própria para surf, mas não para banho. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médio legal e, depois de liberado, será transladado para Brasília.

Um banhista registrou o momento em que o Corpo de Bombeiros e o Centro Tático Aéreo realizaram a operação de retirada do homem do mar.


by 14:13 0 comentários