O ano de 2016 já finalizou e a Cemar tem bons resultados em relação aos investimentos feitos em diversas cidades do Maranhão. Só nos municípios de Açailândia, Itinga do Maranhão, Buriticupu e Cidelândia, foram investidos mais nove milhões de reais na melhoria, ampliação e modernização do sistema elétrico.

Para reforçar as ações, a Cemar realiza em Açailândia, mais um cronograma de palestras gratuitas.

PALESTRA - COMUNIDADE / AÇAILÂNDIA
DATA: Açailândia (25)
LOCAL: Praça do Pioneiro
HORÁRIO: 14h

O ano de 2016 já finalizou e a Cemar tem bons resultados em relação aos investimentos feitos em diversas cidades do Maranhão. Só nos municípios de Açailândia, Itinga do Maranhão, Buriticupu e Cidelândia, foram investidos mais nove milhões de reais na melhoria, ampliação e modernização do sistema elétrico.
Estas ações são resultados do maior investimento feito pela Companhia no sistema elétrico do Estado, nos últimos anos. Entre as melhorias realizadas em cada cidade, a Cemar destaca, que a partir de agora os clientes residenciais, empreendimentos e demais setores da sociedade irão contar com uma eletricidade de ponta, o que também permite a geração mais emprego, renda e desenvolvimento para região.
Outro investimento visível aos consumidores diz respeito à implantação de 3.615 postes novos nas quatro cidades. Só o município de Buriticupu recebeu a implantação de 1790 postes, Açailândia 800, Cidelândia 415 e Itinga do Maranhão 610. Além disso, as quatro cidades, juntas, também receberam 126 transformadores.

Economia – A Cemar também pede que os moradores destes municípios fiquem atentos quanto a desconto na conta de luz. Só nas quatro cidades são mais de 5.000 mil pessoas que podem receber até 65% de desconto na fatura de energia elétrica, mas ainda não estão cadastradas no programa. Afinal de contas, nada melhor do que desfrutar das boas condições no fornecimento de energia e ainda ter a oportunidade de economizar. 

Para fazer o cadastro e receber o benefício é muito simples, basta possuir o Número de Inscrição Social (NIS) e procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

Assessoria de Imprensa

by 21:27 0 comentários