O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou, nesta segunda-feira (23), proposições na Assembleia Legislativa do Maranhão solicitando a retomada das obras do estádio Nhozinho Santos, interditado desde 2015 pelo Ministério Público. Ao fundamentar, o deputado Wellington destacou inúmeras denúncias feitas pela população, especificamente de torcedores, quanto ao abandono do estádio, a lentidão das obras e mencionou os vários campeonatos previstos para o início de 2017.

“Em 2017, o Maranhão será palco de várias competições esportivas. No dia 21 de janeiro, por exemplo, começou o Campeonato maranhense com o jogo do Sampaio e Santa Quitéria. Além desse, há ainda a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e campeonato brasileiro. No dia 07 de abril de 2016, nós cobramos a retomada das obras, mas ao que parece, nada ou quase nada foi feito. Esse estádio foi interditado desde 2015 e fica o questionamento: quando reinaugurará? Quem passa em frente ao Nhozinho vê apenas um espaço abandonado. O que eu trago aqui não é uma constatação minha, mas sim denúncias e reclamações de torcedores, da população. Teremos várias competições e, lamentavelmente, apenas o Castelão receberá as partidas de futebol.”, disse Wellington.

Ainda sobre a denúncia, o deputado Wellington afirmou que, caso a Prefeitura não se posicione, levará a questão para debate junto às Comissões de Desporto e de Obras da Assembleia Legislativa.

“Durante a propaganda eleitoral, o prefeito reeleito de São Luís garantiu que entregaria o estádio pronto. Então, 2017 já chegou e, com ele, as várias competições. Infelizmente, o que vemos é apenas o Castelão tendo que suportar sozinho toda a demanda de jogos. Se a Prefeitura não se posicionar, iremos cobrar a discussão por parte das Comissões de Desporto e, ainda, de Obras na Assembleia.“, afirmou.

As indicações do deputado Wellington devem ser encaminhadas ao Prefeito Edivaldo Holanda Júnior e, ainda, ao Governador do Estado solicitando que, através da Secretaria de Esporte e Lazer, avalie a possibilidade de estabelecer parceria com a Prefeitura objetivando a conclusão das obras.



by 19:05 1 comentários