O titular da 4ª Promotoria de Justiça de Açailândia, Gleudson Malheiros Guimarães, cobrou, na última terça-feira, 31 de janeiro, do prefeito Juscelino Oliveira, a reforma nas estruturas físicas das escolas municipais de Açailândia. O pleito foi feito em reunião realizada na sede do Ministério Público na comarca.
No dia 30, o membro do MPMA realizou inspeções nas escolas José Egídio Quintal, Almirante Barroso e Eduardo Pereira Duarte e constatou que as instalações das unidades educacionais estão deterioradas e sem estrutura para abrigar adequadamente os estudantes.
Foram encontrados buracos no telhado, paredes danificadas e com mofo, pias, torneiras e vasos sanitários quebrados, infiltrações e vazamentos nos banheiros e salas de aula, portas quebradas e ventiladores deteriorados e sem funcionamento. De acordo com o promotor, “a realização das vistorias foi iniciativa desta Promotoria. A necessidade de reparos nas instalações é inegável.”
O promotor de justiça solicitou do prefeito providências imediatas para sanar os problemas das escolas. O chefe do Poder Executivo municipal informou que existem 29 escolas em imóveis alugados, razão pela qual a prefeitura não pode fazer investimentos para reformar as unidades. Nesse caso, os proprietários serão notificados pelo Município para realizar os reparos.
Também participaram do encontro o secretário municipal de Obras, Saulo Aranha; o juiz André Bezerra; e a promotora de justiça Sandra Fagundes Garcia.


Redação: CCOM-MPMA

by 19:37 0 comentários