Na primeira reunião da Comissão de Segurança Pública da Assembleia com
representantes dos policiais militares, civis e bombeiros do Maranhão, ficou estabelecida uma agenda de trabalho para a retomada dos diálogos com o Governo do Estado. O encontro aconteceu nesta quarta (15), na sala das Comissões do Legislativo Estadual, e foi conduzido pelo presidente do Colegiado, o deputado estadual Júnior Verde (PRB). Participaram ainda da reunião os deputados Cabo Campos, Levi Pontes e Wellington do Curso.

Os militares e civis querem reativar o Decreto Governamental instituído pelo governador Flávio Dino em 2015 em defesa da categoria. Assinado no início da gestão, o instrumento surgiu para criar uma comissão representativa de praças e oficiais para discutir pontos da carreira como promoção, transferência e reajuste salarial. 

“Foram dois anos sem avanço algum. Precisamos voltar a conversar com o Governo do Estado para que nossas muitas demandas sejam atendidas”, desabafou o sargento bombeiro Jean Marry, que é presidente da Associação dos Militares Bombeiros do Maranhão.

As reivindicações das três categorias passam não apenas pela valorização dos servidores, mas pela reestruturação do sistema. “Somos cerca de 2 mil policiais civis para atender aproximadamente 6 milhões de habitantes. Sem falar que as delegacias precisam ser recuperadas com a maior urgência possível”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão, José Raiol Filho.

O deputado Júnior Verde garantiu que a Assembleia vai estabelecer uma agenda permanente para melhorar a Segurança Pública no Estado. “Pretendemos nos reunir todas as semanas para retomar as comissões representativas junto ao Governo. O diálogo será retomado, bem como acompanharemos todas as reuniões e buscaremos resultados”, afirmou o parlamentar.

AscomJuniorVerde

by 20:57 0 comentários