Perito Criminal Sandro Sousa
A Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), prendeu na tarde de terça-feira (21), por volta de 15h, o perito criminalístico auxiliar Sandro Luís Araújo de Sousa, no momento em que iria negociar armas que estavam em poder do Instituto de Criminalística.

Sandro Luís foi preso na rua 91, quadra 30, casa 21, bairro Maiobão, na residência de Jouberth Cabral Sampaio, conhecido como “Joca”.

Jouberth Cabral, o "Joca"
A prisão do perito se deu após a polícia iniciar uma investigação sobre o sumiço de armas que estavam no ICRIM para serem periciadas.

Os policiais apreenderam uma submetralhadora tipo MT, calibre .40, marca Taurus, uma caixa de munições cal .40, e uma caixa de munições calibre 357. As armas estavam dentro do veículo do perito.
“Joca” é suspeito de integrar uma facção criminosa e responde a processos criminais por prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo e homicídio.

Há suspeitas de que o perito já vinha negociando armas com criminosos há algum tempo. Ele iria receber R$ 10 mil reais pela venda das armas.

Conforme informações da Senarc, investigações sobre o sumiço de armas do Icrim vão continuar, para saber se outros armamentos sumiram e se há mais pessoas envolvidas no crime.

by 11:50 0 comentários