Conforme antecipamos ontem (19), Educadores, pais e lideranças indígenas bloquearam a BR 316, no trecho entre Bom Jardim e Santa Inês na manhã desta terça-feira (20), o motivo principal é a reivindicação da regularização do ano letivo nas aldeias, reividicar apoio da educação indígena, alem de protestar contra Salários de deputados e senadores, e protestar contra projetos que tramitam no Congresso.

Na ultima revindicação, em Abril, Os índios cobraram do Governo do Estado que é responsável pela educação indígena a renovação dos contratos Professores que ensinam nas aldeias que terminaram no ultimo dia 8 de Abril. As quatro escolas da terra indígena Pindaré atende 470 alunos da pre escola ao ensino médio e de 56 professores apenas 19 estavam trabalhando.

Apesar de não ser obrigação do município, em contato com nossa reportagem, A Prefeitura de Bom Jardim informou que enviou à Câmara Municipal uma lei complementar que autorizou a contratação de 46 profissionais para ajudar na educação indígena, dentre eles, 9 professores, 26 AOSG, 7 vigias e 4 agentes administrativos que já estão trabalhando nas Aldeias.

Segundo informações, não existe previsão para o fim do protesto.

Informações: obomja.com

by 17:52 0 comentários