Lançamento do projeto piloto “Escola Ecológica” da Unidade Educacional Simone Macieira abriu a programação

A Prefeitura de Açailândia, através da Secretaria de Meio Ambiente que tem como titular o Sr. Siniger Vidal, preparou uma agenda de atividades que serão desenvolvidas nas festividades em comemoração ao 36º Aniversário de emancipação política do município e também vai lança a Semana Mundial do Meio Ambiente com ações voltadas à conscientização e a preservação do meio ambiente.
As ações tiveram início na última terça-feira (30), e em parceria com as secretarias de cultura e educação foi lançado o projeto piloto “Escola Ecológica” na Unidade Educacional Simone Macieira, localizada no bairro Laranjeiras, com a participação efetiva dos alunos.

Nesta sexta-feira (02), a partir da 08h00, a equipe da SEMAS e os agentes de limpeza da prefeitura, vão estar fazendo o trabalho de arborização e coleta de lixo na “Lagoa da Glória na “Vila Sucuri”. O plantio de árvores às margens da lagoa objetiva evitar o assoreamento e não deixar que a lagoa desapareça definitivamente.

No mesmo dia, será realizado também o trabalho de conscientização junto aos moradores da localidade com relação aos cuidados e à preservação da lagoa.

Durante a Semana do Meio Ambiente vai estar acontecendo de forma simultânea a distribuição de panfletos pelas principais ruas e avenidas de Açailândia, de mudas na Praça da Cultura, no Jardim Tropical, além de todo o trabalho de conscientização e educação ambiental que será feito durante o aniversário da cidade.

Atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre várias áreas degradas na cidade de Açailândia. A destruição constante do habitat e a poluição de grandes áreas, por exemplo, são alguns dos pontos que exercem maior influência na sobrevivência de diversas espécies.

Dentre os principais problemas que afetam o meio ambiente, podemos destacar o descarte inadequado de lixo, a falta de coleta seletiva e de projetos de reciclagem, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento, inserção de espécies exóticas, uso de combustíveis fósseis, desperdício de água e esgotamento do solo.

Da Assessoria

by 08:16 0 comentários