Ana Nubia Almeida da Silva.
A Polícia Civil identificou a mãe da criança abandonada no lixo na manhã de ontem,18, na Avenida Tiuba com a Avenida Perimetral, no bairro Pedro Patrício, em Timon.

O corpo foi localizado por lixeiros que ao jogarem um saco no caminhão verificaram o odor estranho, descobrindo o cadáver em seguida.
Trata-se de Ana Núbia Almeida da Silva, que negou o crime e até mesmo sua grávida. Porém, ao ser ser submetida a exame clínico pericial, foi constatado o parto.
Também foram encontrados dados coletados junto ao hospital Alarico Pacheco, onde Ana Núbia chegou a fazer um procedimento de curetagem na última sexta-feira, dia 15, após o parto, ocultando a morte da criança desde então.

Já foi constatado, através de laudo do IML de Timon, que a criança nasceu viva caracterizando o crime de infanticídio, além da ocultação de cadáver.

A provável causa da morte foi asfixia, já que, segundo a mãe, o parto ocorreu durante um banho, sendo a criança enrolada em uma toalha e deixada no banheiro até a sua decisão de colocar o bebê em um saco e dispensá-lo em uma lixeira próxima a sua casa.

Ana foi apresentada na Central de Flagrantes para os procedimentos legais.


Por Luis Pablo

by 19:24 0 comentários