Homem também ateou fogo em seu próprio corpo e está em estado grave. Inicialmente, Bombeiros informaram que seis crianças haviam morrido.
Por G1 Grande Minas

Quatro crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de Minas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo informações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, o guarda do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo, jogou álcool em algumas crianças e nele mesmo, em seguida ateou fogo.

De acordo com informações da Polícia Civil, o autor do crime trabalhava como vigia noturno do local há oito anos. Ele não teve sua identidade divulgada, e está em estado grave no hospital.
Há divergência no número de mortos na tragédia. Inicialmente, os bombeiros falaram em seis crianças mortas, mas depois atualizaram o número de mortos para quatro pessoas - dado confirmado pelo Samu. De acordo com dados da Polícia Militar, cinco crianças morreram.

Duas unidades do Samu de Janaúba estão no local e equipes de cinco cidades do Norte de Minas estão em deslocamento para atendimento da ocorrência.
O número de feridos ainda não foi divulgado, mas, segundo a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas, entre crianças e adultos, deram entrada na unidade de saúde. Entre os pacientes, 15 respiram com a ajuda de aparelhos.

A Polícia Militar informou que uma aeronave da PM está no local para socorrer as vítimas. Ainda segundo a PM, um avião do governo do Estado está saindo de Belo Horizonte para Janaúba para transportar os feridos até o Hospital João XXIII, na capital mineira, que é referência em tratamento de queimaduras em Minas.

by 15:08 0 comentários