Vilson Dias conclama as entidades de classe para a se posicionaram contra o projeto de lei. 

O candidato a presidência do Crea/Ma, Vilson Dias “Crea Legal 113”, vêm se manifestar em relação ao Projeto de lei que abre o mercado da construção civil-imobiliário e de infraestrutura para estrangeiros. 

O Governo Federal enviará ao Congresso Nacional um projeto de lei para abrir o mercado de construção civil-imobiliário e de infraestrutura para estrangeiros. 

Vilson Dias, ressalta que essa “abertura” do mercado brasileiro à mão de obra estrangeira será feita de forma indiscriminada; Considerando, ainda, levantamento feito pelo DIEESE que mostra que, entre 2014 a 2017, foram demitidos 50.433 engenheiros em todo o Brasil. 

“Como profissional de engenharia e candidato à presidência do CREA/MA, não posso deixar de afirmar que o referido projeto de lei é um equívoco em sua integralidade”, destaca Vilson Dias. 

O futuro presidente do Crea/MA, explica que com tantos profissionais brasileiros desempregados, tal projeto representa uma afronta não só aos profissionais como a engenharia nacional. “Na tentativa de defender a seriedade de nossa profissão, bem como respeito e a valorização cabível a esta, conclamo as entidades de classe, o CREA-MA, o CONFEA, os deputados federais e senadores da bancada maranhense a se posicionarem contrariamente a tal projeto e tomarem as providências que lhes couber em resistência a este, por ser, frise-se, prejudicial à engenharia nacional”, finaliza.

Fonte: elismatosassessoria

by 21:21 0 comentários