Mais dois foragidos se entregaram à Polícia Federal durante a 5ª fase da operação “Sermão aos Peixes”. A informação foi confirmada pela assessoria de Comunicação da Polícia Federal no Maranhão.

A operação apura indícios de desvios de recursos públicos federais por meio de fraudes na contratação e pagamento de pessoal, Contratos de Gestão e Termos de Parceria firmados pelo Governo do Estado do Maranhão na área da saúde.

Paulo Curado se entregou na manhã de ontem (17), na sede da Polícia Federal em Imperatriz. Ele é ex-marido de Rosângela Curado que, segundo a Polícia Federal, é uma das principais responsáveis pelo desvio de R$ 18 milhões de recursos da saúde. Paulo é apontado pela PF como pessoa interposta para ocultar a origem dos recursos.

Já Miguel Marconi Duailibe Gomes é médico e era proprietário da Clínica H.M Duailibe Gomes LTDA, uma das empresas beneficiárias do esquema. Marconi já havia se entregado na manhã de hoje (17).

No momento, das 17 pessoas que tiveram a prisão temporária decretada, resta a prisão de Péricles Silva Vilho, diretor executivo do Instituto de Cidadania e Natureza. A empresa firmou contrato com o Governo do Estado com o compromisso de gerir as unidades hospitalares. Segundo a PF, a empresa também era envolvida no esquema.

(Com informações do G1MA)

by 14:32 0 comentários