Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, o deputado federal Hildo Rocha, disse que as eleições do Conselho Federal de Enfermagem foram contaminadas por irregularidades. “Antigamente, os fraudadores emprenhavam urnas. Mas, quem pensa que isso é coisa do passado está equivocado. Na eleição do Cofen a vitória do presidente Manoel Neri foi alcançada por meio desse artifício, as urnas foram emprenhadas digitalmente”, denunciou o parlamentar.

De acordo com Hildo Rocha a fraude não se limitou apenas às eleições do Conselho Federal. “Tenho em meu poder provas de irregularidades praticadas nas disputas dos conselhos regionais. Por meio de eleições fraudulentas nos Estados, o Sr. Manoel Neri conseguiu eleger somente candidatos que tinham o compromisso de perpetuá-lo no comando do Cofen. ”, afirmou o deputado.

Dinâmica da fraude

De acordo com Hildo Rocha, houve manipulação das urnas. “Há registros de inúmeros votos gerados no mesmo IP. Quando os profissionais iam votar recebiam mensagem informando que estes já haviam votado. Isso jamais poderia acontecer. É a prova maior de que houve fraudes”, argumentou o deputado.

Rocha disse que a fraude possibilitou a eleição de chapas completamente descompromissadas com as causas da categoria. “O objetivo era apenas garantir que os conselhos estaduais elegessem somente pessoas alinhadas com a diretoria do Conselho Federal. Isso gerou descontentamento e motivou os profissionais a denunciarem as irregularidades praticadas pelo presidente do Cofen”, frisou.

Escândalos

Rocha enfatizou que o presidente do Cofen é contumaz na prática de irregularidades. O parlamentar lembrou que o Cofen foi alvo de auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) que confirmou irregularidades na gestão do Sr. Manoel Neri. A investigação constatou irregularidades em diversos Conselhos estaduais, entre os quais o do Maranhão. “Como se não bastasse esse escândalo, agora o Sr. Manoel Neri volta a protagonizar outro vexame nacional”, lamentou o deputado.

by 13:09 0 comentários