Segundo os dados do Departamento de Feminicídio do Maranhão, o nosso estado apresenta um dos mais elevados índices de mulheres mortas por homens. O ano de 2017 fechou com 47 vítimas fatais, ou seja: 4 por mês. Desde que a a Delegacia da Mulher passou a ter plantão, em novembro do ano passado, foram registrados 300 pedidos de medidas protetivas a cada mês para evitar que o agressor se aproxime da vítima.
Em 2015 ocorreram 25 mortes de mulheres e em 2016 o número pulou para 28. No ano de e 2017 foram registradas 47 mortes de mulheres no Maranhão.

Conforme a delegada do Departamento de Feminicídio, Viviana Azambuja, a maior causa da violência é o inconformismo do homem com o fim do relacionamento com a mulher.

“Infelizmente são histórias que se repetem. São histórias de machismo exacerbado, onde a mulher é tida como se fosse um objeto. O homem é aquele ser dominante que não aceita o término de um relacionamento. A maioria dos casos é a pessoa não se conformar em ter perdido aquele objeto”, declarou.

A Secretaria de Segurança Pública inaugurou em novembro, na Casa da Mulher Brasileira, uma delegacia especializada com plantões, visto que muitas das agressões acontecem nas madrugadas. É um espaço para que a mulher possa denunciar a qualquer hora os maus tratos.

Com informações do G1 MA

by 08:16 0 comentários