O site Congresso em Foco, referência na cobertura jornalística de política no Brasil, publicou nesta segunda-feira matéria especial sobre a atuação do deputado Hildo Rocha, Procurador da Câmara Federal, que tem dedicado atenção especial a uma questão que afeta personalidades e instituições de praticamente todos os segmentos sociais, as fake news.

Considerando fatos graves registrados em eleições recentes dos Estados Unidos, França e Alemanha a Procuradoria Parlamentar da Câmara Federal, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o Conselho de Comunicação Social, se debruçam sobre o tema a fim de evitar que o uso indevido das redes sociais possa interferir nos resultados das eleições de outubro deste ano.

“Os danos causados por notícias falsas são incalculáveis. Em questão de minutos, uma postagem caluniosa ou difamatória pode destruir uma família, arruinar empresas, acabar com reputações, devastar a honra. É contra essa triste realidade que estamos trabalhando com a finalidade de encontrarmos meios eficientes de coibir tal situação. Isso não pode prosperar”, declarou Hildo Rocha.

Exército da difamação

Reportagem do site BBC Brasil revela um exército de perfis falsos usados para influenciar eleitores. O esquema conta, inclusive, com empresas especializadas, que contratam funcionários para alimentar perfis falsos, alugados e emitir opiniões com objetivo de manipular a opinião pública em temas diversos, de interesse do contratante.

“Entendo que ninguém está imune a críticas, especialmente pessoas que ocupam cargos públicos. Mas não é justo que em lugar de eventuais críticas sejam usados artifícios ilegais, informações falsas com o objetivo de alcançar benefícios eleitorais em detrimento da verdade, da legalidade, da civilidade”, enfatizou Hildo Rocha.

Leia a reportagem especial do Congresso em Foco

by 06:43 0 comentários