O deputado estadual progressista Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para fazer referência à Ação Civil Pública que foi ajuizada pelo promotor que responde pela comarca de Cantanhede e abrange o município de Matões do Norte. A Ação tem por objeto que a Prefeitura de Matões do Norte se abstenha de realizar contratações temporárias, bem como proceda à nomeação dos candidatos aprovados dentro do número de vagas.

Ao fazer referência à Ação, o deputado Wellington destacou audiência pública que teve com os aprovados no concurso de Matões do Norte em 2017 e solicitou ao Judiciário que tenha uma decisão embasada na moralidade e imparcialidade.

“A Ação do Ministério Público objetiva impedir que o município de Matões do Norte realize contratações temporárias, trazendo assim a expectativa de direito dos aprovados no concurso público que foi realizado pela Prefeitura., solicitando a nomeação dos candidatos. Ora, em 2017 realizamos audiência com os aprovados no concurso e sabemos que, se há demanda, não há razão para contratar, já que temos aprovados em concurso. Por essa razão, destacamos a Ação da Promotoria e solicitamos ao Judiciário que aprecie o objeto voltando-se para a moralidade do serviço público”, afirmou Wellington.

by 15:40 0 comentários