Durante a sessão plenária desta quinta-feira (22), o deputado estadual progressista Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para fazer referência ao Dia Mundial da Água, celebrado hoje. Entre inúmeros problemas, a exemplo da falta d’água em vários bairros, como a Cidade Operária, a promessa de entrega da nova adutora ao Italuís e, até mesmo, a precarização dos serviços prestados pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), diante da iminente privatização.

Ao se pronunciar, Wellington fez referência à realidade dos maranhenses que sofrem com a falta d’água e propaganda enganosa do Governo Flávio Dino.

“Hoje é o Dia Mundial da Água e a população não tem o que comemorar. Bairros da capital maranhense, como hoje a Cidade Operária, São Cristóvão, São Bernardo etc, amanheceram sem água. Os moradores, alguns nem sabem que hoje é a data em alusão à Água, nos encaminham, semanalmente, denúncias quanto a esse fornecimento precário de água no Maranhão. A população até hoje espera a nova adutora do Italuís. Em compensação, Flávio Dino fortalece uma propaganda que engana a população. Na propaganda, foram investidos mais de R$ 11 milhões na Barragem do Bacanga. Na realidade, o povo do Maranhão aguarda até hoje pela entrega da obra”, disse Wellington.

by 04:14 0 comentários