A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz (Senarc/ITZ), deu cumprimento, nesta quarta-feira (28), ao mandado de busca e apreensão na residência de Renan Santos Silva, em virtude de prévia investigação, na qual este figurava como suspeito de envolvimento nos delitos de tráfico de entorpecentes, receptação e, também, crimes de roubo, em especial por empréstimo de armas para cometimento de crimes por terceiros.
Na residência, foram apreendidos os entorpecentes crack, maconha e cocaína, tendo sido apreendidos, ainda, três aparelhos celulares e, por fim, preso, em flagrante, o investigado.

Durante análise dos dados existentes nos aparelhos, haja vista a existência de autorização judicial prévia de quebra de dados, expressa nos mandados, foram constatadas diversas conversas demonstrando o envolvimento do conduzido com tráfico de entorpecente e com o fornecimento de armas para cometimento de delitos. Da mesma forma, foi encontrado vídeo onde o investigado incentiva um filho dele, de apenas quatro anos de idade, o qual está sem roupas na filmagem, a ter/simular relações sexuais com uma cadela, também de propriedade do investigado, enquanto o investigado e outras pessoas riem da situação.

Foram encontradas, ainda, imagens da criança fingindo poses, como quem segura uma arma e fingindo estar fumando cigarro, inclusive com o investigado ao lado, fumando o que aparenta ser um cigarro de maconha.

Diante de todos os fatos, Renan Santos Silva foi autuado, em flagrante, pelos crimes descritos nos artigos 33 da Lei 11.343/06 e 240 § 2º do ECA (tráfico de entorpecentes e produzir/filmar cena de sexo explícito/pornografia com criança ou adolescente qualificado pela relação de parentesco).

(Informações da SSP-MA)

by 05:48 0 comentários