Silas Castro de Almeida integrava uma quadrilha especializada na produção e distribuição de drogas, principalmente merla.
O ex-policial militar Silas Castro de Almeida, 45 anos, foi preso pelo crime de tráfico de drogas, na segunda-feira (27). A prisão foi efetuada por policiais civis, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

O delegado Carlos Alessandro de Assis, superintendente da Senarc, afirmou que o ex-policial faz parte de uma quadrilha especializada em distribuição e produção de droga, principalmente merla.

Uma investigação da Polícia Civil e Corregedoria da Polícia Militar comprovou, em 2004, que ele estava participando dessa organização criminosa. Silas foi excluído imediatamente dos quadros da Polícia Militar.

O ex-militar foi preso no seu local de trabalho e encaminhado ainda ontem para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Por Gilberto Lima 

by 07:58 0 comentários