Ela estava na piscina quando passou mal; ainda não há confirmação das causas da morte.
A triatleta identificada como Lélia Venâncio, de 37 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (15) durante uma atividade física na academia BodyTech, localizada no Shopping da Ilha. De acordo com informações preliminares, ela estava na piscina quando passou mal. Lélia era triatleta do Centro de Treinamento e Performance Humana – CTPH2 – em São Luís.
O corpo de Lélia ainda chegou a ser encaminhado para da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vinhais, mas já está no Instituto Médico Legal (IML), onde será autopsiado. Ainda não há confirmação das causas da morte.

Nas redes sociais, a atleta exibia uma rotina de atividades físicas, com treinos longos, e participação em competições, sempre demonstrando confiança. 

"Amo muito tudo isso. Final de semana de treinos longos, ao lado dos amigos e com os familiares no apoio (os melhores). Seguimos firmes e unidos rumo ao nosso objetivo maior, ganhando volume e confiança", escreveu a atleta em uma postagem no Instagram no dia 5 de fevereiro. Lélia deixa um filho chamado Miguel.

No próximo domingo, Lélia Venâncio participaria de um evento denominado Kids Golden, onde seu filho correria. O organizador lamentou a morte da triatleta.

“O @eucorromais se solidariza nesse momento de tristeza e morte repentina e prematura da triatleta Lélia Venâncio. Nossos sentimentos à família e aos seus amigos. Ela se faria presente no nosso evento desse domingo, no Kids Golden, levando seu filho pra correr! Que Deus conforte a todos seus familiares”, escreveu o responsável pelo evento.

by 13:52 0 comentários