A Polícia Civil do Tocantins deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (21), a "Operação Aleteia", com objetivo de dar cumprimento a diversos mandados de prisão e buscas, expedidos no bojo das investigações decorrentes da fraude engendrada por alguns candidatos quando da realização do Concurso da Polícia Militar daquele estado.

A operação foi realizada nos estados do Tocantins, Maranhão e Piauí.

No Maranhão, a operação contou como o apoio da Polícia Civil, através da 7ª Delegacia Regional de Santa Inês e 8ª Delegacia Regional de Zé Doca. 
Foram efetuadas prisões nas cidades maranhenses de São Luís, Santa Inês, Pindaré Mirim e Zé Doca. O suspeito de liderar o bando, “Antônio Concurseiro”, foi preso em Teresina juntamente com mais duas pessoas.

Confira a relação dos presos.

Em Santa Inês e Pindaré Mirim:

1. Wylmerson Rubem dos Santos Silva
2. Mailson de Paiva Vieira
3. Renner Ferreira Moraes Mendes
4. Luís Fernando Melo Nascimento
5. Flaviania Silva Furtado
6. Jhonata Araújo Cantuario

Em Teresina:

7. Antônio Ferreira Lima Sobrinho, o “Antônio Concurseiro”
8. Aline Oliveira Santana
9. Gabriela Oliveira de Santana


Em São Luís:

8. Dionatan Soares Belfort


Em Zé Doca:

9. Fernandes da Silva Souza
10. Abimael Silva Almeida
11. Hagaer da Silva Lima

by 22:39 0 comentários