A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo deflagraram, nesta quinta-feira (14), a Operação Echelon contra o Primeiro Comando da Capital (PCC), que controla as ramificações interestaduais da facção criminosa. Os policiais estão cumprindo 59 mandados de busca e apreensão no estado do Maranhão, Pará, Alagoas, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Roraima, Acre, Amapá, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte.

Na operação, a Justiça decretou ainda prisão preventiva de 75 acusados, todos apontados como integrantes da facção. Os policiais mobilizados para a operação começaram as buscas às 6h. No Maranhão há um mandado de prisão na cidade de Balsas, de acordo com a polícia, o alvo não foi localizado.

As investigações começaram em junho de 2017. As investigações feitas pelo Departamento de Polícia Judiciária do Interior -8 (Deinter-8), de Presidente Prudente, e pelo grupo de Atuação especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPE, mostraram como a cúpula do grupo mantém contato com bandidos em outros Estados, atuando nos tráficos de armas e drogas.

A expansão do PCC pelo Brasil levou à reação de gangues locais, que se aliaram ao Comando Vermelho, iniciando uma guerra que atinge principalmente os Estados do Norte e do Nordeste do País.

MA10

by 17:27 0 comentários