A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), realizou duas operações de combate ao tráfico de drogas que culminaram com a apreensão de 25 Kg de maconha e 800 gramas de cocaína. Além disso, foram executadas as prisões em flagrante de três envolvidos com o tráfico em dois bairros da capital maranhense.

A primeira prisão ocorreu no último domingo (2), no bairro Cohab, após intensa investigação a partir de denúncias realizadas pelo aplicativo de WhatsApp da Senarc. O preso foi identificado como Wermeson Davi Amorim Rosa, conhecido como “Índio”. Com ele, no interior de um veículo, foram apreendidos 7 Kg de maconha prensada.
Segundo as investigações, “Índio” seria o responsável em distribuir e comercializar entorpecentes em várias regiões de São Luís, principalmente nos bairros do Cohatrac, Cohab e Angelim. A polícia Civil constatou, ainda, que ele possui passagem criminal por roubo de veículos.

Em outra ação, na manhã desta segunda-feira (3), no bairro do São Cristóvão, a Senarc conseguiu prender Adriano Soares Dias e Luís Henrique Sousa Penha. Com a dupla, foram apreendidos cerca de 18 Kg de maconha do tipo “Skank” e 800 gramas de cocaína.

Durante interrogatórios, os presos informaram que a droga é oriunda do estado de Goiás e que seria distribuída na região do Baixo Munim.
A Polícia Civil informou que Adriano responde aos crimes de roubo, receptação, tráfico e furto todos em território goiano.

Durante a apresentação dos presos e das drogas, na tarde desta segunda-feira (03), o Superintendente da Senarc, delegado Carlos Alessandro, informou que tais prisões são resultantes de um trabalho intensificado no combate ao tráfico na região metropolitana de São Luís e no interior do Estado. Ele ressaltou a importância de a população realizar denúncias, com absoluto sigilo, pelo WhatsApp da Senarc (98) 99163-4899.

by 09:05 0 comentários