23 de setembro de 2014

Com ajuda de voluntários, cresce ainda mais a campanha de Rosi Vicentini em Açailandia




Nas últimas semanas, a campanha da candidata à deputada estadual Rosi Vicentini (PSB) tem crescido ainda mais na Região Tocantina devido à ajuda dos voluntários. A cada dia, vários amigos e outras pessoas que já conhecem o trabalho de Vicentini se colocam à disposição para ajudar no que for preciso.
A pedagoga Marlor Nolasco conta que é a primeira vez que se envolve numa campanha eleitoral. “Me disponibilizei para ajudar porque acredito na mudança através de Rosi Vicentini. Ela é uma mulher determinada e corajosa. Eu participo da campanha porque fico feliz em divulgar o trabalho de quem vai mudar o quadro do Maranhão para melhor”, acrescenta.
Já o estudante Mairon dos Santos, que votará pela primeira vez este ano, afirma que fará o que puder para ajudar a eleger Rosi Vicentini. “Eu trabalho numa farmácia e toda pessoa que vai comprar remédios lá recebe um santinho da Rosi junto”, declara o jovem.
A participação dos voluntários da campanha nas redes sociais tem sido também muito forte, principalmente pelo Facebook e Whatsapp. A professora Tianny Poubel acredita que as propostas de Vicentini são muito boas. “Rosi é uma mulher responsável, mulher direita. E tem muito a oferecer para o nosso povo”, afirma Tianny. Segundo ela, divulgar para os amigos pelo celular e pelo computador é uma boa estratégia para ajudar a levar a outras pessoas esse mesmo sentimento.
Com o apoio destes e de muitos outros voluntários, Rosi Vicentini vem conquistando cada vez mais os eleitores da região. Por onde passa, a candidata é bem recebida pelas pessoas, graças ao trabalho daqueles que, de forma espontânea, vão na frente anunciando e apresentando Vicentini como um novo e bom nome para a Assembleia Legislativa do Maranhão.




Prefeito de Alcântara comete irregularidades com recurso federal da Saúde


O prefeito Domingos Araken, da cidade Alcântara, é acusado pelo Ministério Público Federal, devido às irregularidades na prestação de serviços de saúde aos usuários do SUS, constatadas pelos Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus), Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária (Suvisa), Ministério Público do Maranhão e MPF/MA. A ação também atinge a União pela falta de fiscalização adequada.
De acordo com os relatórios da Suvisa e do Denasus, as irregularidades encontradas agrupam a Secretaria de Saúde de Alcântara, a Unidade Mista Dr. Neto Guterres, o Conselho Municipal de Saúde (CMS), o Controle Interno da Aplicação dos Recursos e a Execução Orçamentária da Saúde.

As omissões de ordem formal incluem a não elaboração dos Planos Municipais de Saúde, nos anos de 2009 a 2012, das Programações Anuais de Saúde, de 2007 a 2010, e dos Relatórios Anuais de Gestão, de 2005 e 2008, entregues fora do prazo; a não periodicidade das reuniões do CMS, além de sua ausência de dotação orçamentária e de publicidade de seus atos e; a não comprovação das despesas da Secretaria.

Quanto as de ordem material, referentes ao hospital público Dr. Neto Guterres, foram verificadas não conformidades na área física da central de materiais esterilizados, lavanderia hospitalar com equipamentos oxidados e sem manutenção corretiva; ausência de abrigo para resíduos e sua incineração em área externa; cruzamento de fluxos, ausência de autoclave, móveis oxidados, ausência de competências para controle de infecções hospitalares, dentre outras.

Segundo o MPF, são crônicos os problemas na prestação do serviço de saúde no Município de Alcântara, que vem sendo oficiado seguidamente desde setembro 2010, respondendo de forma insatisfatória às requisições expedidas pelo ministério.

Na ação, o MPF-MA requer elaboração dos Planos Municipais de Saúde, das Programações Anuais de Saúde e dos Relatórios Anuais de Gestão; cursos de capacitação para os membros do CMS e alteração na Lei do CMS definindo a eleição do presidente entre seus membros; adesão ao Pacto pela Saúde e elaboração do Plano Municipal de Redução da Mortalidade Materna e Infantil, assim como o Plano Operativo referente ao Pacto; implantação de ações específicas para a atenção integral à saúde da mulher, especialmente no que se refere à humanização da assistência, situação de abortamento, violência sexual e doméstica, climatério e terceira idade e; a condenação da União à suspensão da transferência dos recursos federais para saúde.

O MPF requer ainda a intimação pessoal do prefeito municipal de Alcântara e do secretário municipal de saúde com fim de viabilizar a imposição de multa pessoal pelo descumprimento das obrigações; a realização de perícias e inspeções judiciais e o depoimento de testemunhas; a condenação dos réus no pagamento de honorários periciais e despesas processuais e atribuição à causa o valor de um milhão de reais.

MPF-MA

Morre o secretário municipal de Imperatriz, Lula Almeida!

Imirante Imperatriz

Reprodução / Internet
Imperatriz – Morreu na noite desta segunda-feira (22) o secretário municipal de Governo e Projetos Especiais, Lula Almeida. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Rafael há quase dois meses com problemas pulmonares. O secretário também já havia realizado transplante renal.
Além de secretário, Lula Almeida era advogado e empresário. Lula Almeida também foi secretário estadual de Desenvolvimento Social, no governo José Reinaldo Tavares, e secretário de Economia Solidária, no governo Jackson Lago. Era sócio fundador da Unidade de Ensino Superior do Sul do Maranhão (Unisulma).

Filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Lula também teve uma trajetória política. Como suplente, assumiu a Câmara de Vereadores de Imperatriz e a Assembleia Legislativa do Maranhão.

Natural de Itororó-BA, Lula Almeida tinha 50 anos, dos quais 30 residindo em Imperatriz. Advogado e especialista em Direito Público e Metodologia do Ensino Superior, foi professor de História e assessor jurídico em mais de 20 municípios da Região Tocantina.

Casado com a assistente social e bacharela em Direito Tânia Almeida, Lula era pai de quatro filhos. Recebeu título de Cidadão Imperatrizense (2006), de autoria do vereador Chiquim da Diferro; Cidadão de São Luís (2006), de autoria do então vereador Cleber Verde; e de Cidadão Maranhense (2005), de autoria do deputado Pavão Filho. Era membro da loja Maçônica D. Pedro I, No. 13.

Nota
Por meio da Assessoria de Comunicação, o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, lamentou a morte de Lula Almeida. Segundo ele, mais que um secretário, Lula era um amigo e que sempre esteve ao dele nos momentos bons e ruis.

“A nossa relação é mais que de prefeito e secretário, mais de profunda amizade. Imperatriz e o Maranhão perdem um grande homem e um empreendedor”, disse Madeira.

Wellington do Curso realiza campanha em Cantanhede e Pirapemas!

Durante esse final de semana, o candidato a deputado estadual, Wellington do Curso (PPS) visitou os municípios Cantanhede (169 km de São Luís) e Pirapemas (191 km). Esteve também em alguns povoados da região, entre eles, Santa Tereza e Vila do Mato, onde vivenciou pessoalmente a realidade que poucos conhecem. 

Wellington manteve uma aproximação com a população de Cantanhede durante toda a semana, através de uma equipe de colaboradores que realizou os trabalhos de divulgações em carros de som e panfletagem. Devido ao grande carinho que recebeu na cidade, Wellington adaptou sua agenda para dar mais atenção ao município.
Sandro Sousa, que é um dos multiplicadores da campanha de Wellington na região visitada, fez questão de reunir pessoas da comunidade, que atentamente o receberam e pararam para ouvi-lo.

Sempre “com os pés no chão”, Wellington do Curso vem alertando aos eleitores maranhenses sobre a necessidade de se fazer um novo jeito de fazer política que combata a corrupção eleitoral. Na oportunidade, falou também sobre sua trajetória de vida e todos os desafios que teve que enfrentar no decorrer dos anos.

Em discurso, o candidato reafirmou que a comunidade precisa “acordar” e se envolver mais na Política, pois tudo passa por ela. 

“É através da política honesta que se concretizam os ideais sociais políticos. A responsabilidade não está só nas mãos de um prefeito ou de um governo, mas com cada um de nós e uma dessas ferramentas é o voto consciente. Precisamos acordar e votar em quem realmente tem compromisso com o povo do Maranhão e não com seus próprios interesses ou por acordos políticos. Não podemos deixar de ter esperança! Precisamos acreditar e nos empenhar, pois só através das atitudes é que se acontece a verdadeira mudança”, enfatizou Wellington do Curso.

Da Assessora

Prefeitura de Açailândia Realiza Construção de Sarjeta e Meio Fio nas Ruas do Bairro Brasil Novo.

Depois de asfaltar as ruas do Bairro Brasil Novo, a Prefeitura de Açailândia, através da empresa Mota Sul agora está construindo sarjeta e meio fio nas quatro 04 Ruas asfaltadas; Avenida Belo Horizonte, Rua Belo Horizonte, Rua Minas Gerais e Rua Bahia.
As residências do Bairro Brasil Novo já estão mais valorizadas e as obras de Asfaltamento têm agregado maior valor aos imóveis. A Prefeitura de Açailândia e o Governo do Estado do Maranhão estão melhorando a vida do povo de Açailândia. E os moradores destas ruas beneficiadas já podem comemorar.

Esse é um convênio pró-município que foi assinado pela prefeita Gleide Santos (PMDB) em Parceria com o governo estadual para à Pavimentação de 07 Quilômetros de Asfalto em 05 cinco bairros contemplados; Bairro Brasil Novo, Vila Progresso ll, Bairro Sunil, Bairro Jardim Brasil/Jardim Glória e Bairro Getat.

Fonte/Blog Folha de Cuchá

Mais de cinco mil pessoas participam de comício de Lobão Filho em Tuntum




Uma verdadeira multidão recepcionou na noite do domingo (21), o Senador Lobão Filho, candidato ao governo do Maranhão para um grande comício no município de Tuntum, interior do Estado.

O candidato peemedebista que agradeceu o apoio que tem recebido de todas as correntes políticas do Estado, disse seguir até o fim com esperança, fé e acima de tudo lutando para levar sua mensagem de esperança a todos os maranhenses. “Vou governar para vocês, para os maranhenses. Serei o governador amigo, sobretudo, com os municípios que hoje padecem com o discurso mentiroso da mudança e enganação”.

Em meu governo, assegurou ainda o candidato, “Vamos implantar um campus universitário, além de cursos de qualificação e internet que vai beneficiar diretamente os jovens”.

Cláudia Santos, moradora da cidade, disse que estava ansiosa pra ver e ouvir de perto as propostas do candidato, pois já não aguenta mais o sofrimento com a péssima administração do município. “Precisamos de um governador que olhe por nós. Já não aguentamos mais tanto sofrimento e descaso com o povo, principalmente os mais pobres e com Lobão Filho, tenho certeza que isso vai mudar”, disse.

Esse sem dúvida é o comício mais emocionante e contagiante que já presenciei na minha vida, disse o secretário de saúde, Ricardo Murad. “O povo veio às ruas mostrar em quem vai votar, pois sabe que o melhor será Lobão Filho, governador do Maranhão”, ratificou.

A ex-primeira dama de Tuntum, Ana Tereza, lembrou com entusiasmo o crescimento de Tuntum com o apoio recebido por meio de emendas do deputado federal, Gastão Vieira, para a educação. Obras que segundo Vieira foram realizadas com trabalho e respeito à população.

“Dediquei com trabalho, emendas que resultaram na construção de escolas para atender a demanda de nossas crianças de Tutum. Não vejo lado político, enxergo uma população que precisa ser atendida em suas necessidades”, salientou o candidato ao Senado Federal reiterando ainda que com Lobão Filho governador do Maranhão não apenas Tutum mais todos os municípios maranhenses terão a atenção devida.

Mirante AM inicia segunda rodada de entrevistas com os candidatos ao Governo do Maranhão

LOGO_MIRANTE_AM
A partir desta segunda-feira (22) até o próximo sábado (27), a Rádio Mirante AM realizará a segunda rodada de entrevistas com os seis candidatos ao Governo do Maranhão.

As entrevistas serão realizadas no Programa Ponto Final, apresentado pelo jornalista Roberto Fernandes e terão duração de 1h30, começando sempre às 8h30.

A ordem de entrevistas dos candidatos foi definida através de sorteio e ficou assim: Flávio Dino (22/9), Antônio Pedrosa (23/9), Lobão Filho (24/9), Josivaldo Corrêa (25/9), Zeluís Lago (26/9) e Saulo Arcangeli (27/9).

A primeira rodada foi realizada entre os dias 11 e 16 de agosto, e naquela oportunidade apenas o candidato do PCdoB, Flávio Dino, não compareceu, mesmo, através de sua assessoria, tendo confirmado presença na sabatina. Coincidentemente é justamente o comunista o primeiro entrevistado nesta segunda rodada, agora resta saber se ele comparecerá desta vez.

80% dos policiais do Maranhão fazem 'bico', aponta associação da Polícia Militar


*de O Imparcial:

A Polícia Militar é para servir ao cidadão e garantir a segurança nacional, cuja função tem status de dedicação exclusiva, conforme Decreto-Lei Federal nº 667, de 2 de julho de 1969. A atividade policial pode dividir espaço apenas com a de professor, desde que haja a compatibilidade de horários. Mas, para obter maiores rendimentos, policiais desempenham funções alheias às permitidas por lei. Quem opta ou se vê obrigado a realizar os chamados ‘extras’ ou ‘bicos’ reconhece os problemas, mas atribui à falta de condições – salariais e de trabalho.


“O militar se sente obrigado a fazer isso devido à má remuneração, excesso de trabalho sem horas extras e falta de incentivos à carreira”, diz o sargento e presidente da Associação dos Bombeiros e Militares do Maranhão, Jean Marry. Segundo ele, no estado, pelo menos 80% da categoria recorre a este expediente.

A consequência deste desvio de função pode ser desde a deficiência da prestação do serviço à população até situações mais graves como riscos à própria vida. Um caso deste terminou na morte do militar Clenildo Souza Gomes, dia 14 deste mês. Ele atuava como segurança na feira da Liberdade, quando foi surpreendido por dois homens que chegaram atirando. Mesmo baleado, ele conseguiu atingir os suspeitos, que foram mortos. As investigações seguem a linha de latrocínio (roubo seguido de morte) ou homicídio (cujo alvo seria o policial militar).

Em abril deste ano, o sargento Francinaldo Ribeiro Santos foi morto ao tentar impedir assalto próximo ao Terminal de Integração do São Cristóvão. Ele trabalhava como segurança em uma loja de peças no bairro. Em outro caso, outubro passado, o militar Ednaldo Batista Diniz foi assassinado a tiros durante em um bar, no Aterro do Bacanga. Ednaldo era lotado na Companhia de Turismo (CPTur) do Centro Histórico e trabalhava como segurança particular. O suspeito foi preso. 

A função de segurança em festas, casas de show e para pessoas físicas é a mais comum entre os chamados ‘bicos’ feitos pelos policiais. Não é comum o uso da farda, mas alguns utilizam armamentos da corporação. “Fazemos isso porque ganhamos mal e não temos incentivos para crescer na carreira”, contou um policial que prefere não se identificar. Com uma remuneração de R$ 3.500, ele afirma que chega a ganhar até metade deste valor em uma noite como segurança em festas. “Casos como o do colega morto na Liberdade podem acontecer também durante a atividade policial, quando estamos de farda e bem mais expostos”.

Segundo Jean Marry, 70% do efetivo tem mais de 25 anos de trabalho e ainda permanece na função de soldado. “Não temos a perspectiva de alcançar um maior nível. Muitos se aposentam com a função em que iniciaram a atividade militar. É muito desestimulante”, reitera.

No que refere à Polícia Civil, lei estadual e o Estatuto da corporação preveem o desempenho de outras funções, desde que não conflitem com a atividade policial. É o que explica o Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol-MA). No Estado são cerca de 2400 policiais civis, o menor efetivo do país. Apesar dos chamados do último concurso público, o efetivo não sofreu alteração, pois saíram agentes em tempo de aposentadoria. A remuneração oscila entre R$ 3 mil e R$ 5,5 mil, segundo o sindicato, valor considerado baixo pela categoria, que atribui a isto e à falta de condições devidas de trabalho a opção pelos ‘bicos’.

A reportagem procurou o comando da Polícia Militar para tratar do desvio de função, condições de trabalho, disponibilidade de armamentos, ações de incentivos e programas de qualificação do policial, porém, por compromissos no comando o titular, coronel Zanoni Porto não estava disponível.

Atuação irregular

Ao assumir a função de segurança, os policiais estariam exercendo ilegalmente a profissão de vigilante. Este profissional se ocupa da guarda de patrimônio, é treinado em centros autorizados, regularizado com Certificado de Reciclagem emitido pela Polícia Federal e é reconhecido pela Lei Federal 7.102/2008. Também tem o direito ao porte de arma. “Não é correto por parte dos militares, mas a gente não culpa o policial porque entende que ele é uma vítima do sistema”, disse o presidente do Sindicato dos Vigilantes e Empregados em Empresas de Segurança, Vigilância e Transportes de Valores do Maranhão (Sindvig-MA), Raimundo Benedito Raposo. A fiscalização da atividade, do profissional e das instituições de formação cabe à Polícia Federal. “Mas, essa fiscalização não é existe, por isso, há muita clandestinidade na profissão”, afirma Raposo. Segundo a assessoria da Polícia Federal as fiscalizações são realizadas regularmente e aos casos flagrados aplicadas as medidas cabíveis. No Estado são cerca de 30 mil vigilantes, mas, apenas nove mil em atividade e dois mil sindicalizados.

Menor efetivo

No Maranhão são aproximadamente seis mil militares – média de um policial para cada 876 habitantes. O déficit no Maranhão é de 12 mil homens, um dos maiores do país. No Paraná há um policial para cada 610 habitantes e no Distrito Federal, melhor colocado, um para cada 168 pessoas. Estudo Perfil das Instituições de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, do ano passado, aponta outros números preocupantes.

O militar maranhense dispõe de apenas uma arma de fogo para cada dois policiais; e a tropa de 693 algemas e 2.253 coletes à prova de bala, atingindo menos que um terço. No Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Distrito Federal o número de coletes é superior ao efetivo. A remuneração atual varia de R$ 1.700 (soldado) até R$ 13.151 (coronel) - o 14º no ranking do país. A categoria considera um salário condizente o de Brasília, onde um soldado ganha R$ 7 mil.

Dedicação exclusiva

Segundo o Decreto-Lei Federal nº 667, de 2 de julho de 1969, a carreira militar se apresenta durante as 24 horas do dia, ainda que o militar não esteja em serviço e determina a dedicação integral e exclusiva à função. O Decreto-Lei veda ao pessoal das Polícias Militares, em serviço ativo, fazer parte de firmas comerciais de empresas industriais de qualquer natureza ou nelas exercer função ou emprego remunerados. O artigo 16, do decreto federal nº 88.777/83 (R-200) determina que a carreira policial militar atividade continuada e inteiramente devotada à finalidade peculiar das Polícias Militares, denominada Atividade Policial Militar. O mesmo vale para o Corpo de Bombeiros Militar.

22 de setembro de 2014

Eleições 2014: Lobão Filho inaugura comitê central em Açailândia

O candidato ao governo estadual, senador Lobão Filho (PMDB), garantiu durante a inauguração do Comitê Central da coligação “Pra Frente, Maranhão”, na cidade de Açailândia, que vai pessoalmente conversar com os empresários filiados à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para “mostrar ao Brasil o Maranhão e suas potencialidades, suas belezas e seus encantos naturais, sua cultura e história e a hospitalidade e a força do seu povo trabalhador”.

Lobão Filho explicou que uma das cidades que será levada como modelo ao Brasil é a cidade de Açailândia que, em seu governo, vai ser contemplada com uma série de ações e obras estruturantes e de infraestrutura para torná-la mais atrativa. “Vamos trabalhar como indutor do desenvolvimento econômico e social. Vamos atrair novos empreendimentos com a garantia da geração de emprego e renda aos maranhenses”, ressaltou.

Para tanto, o candidato peemedebista adiantou que o governo do Estado vai implementar um amplo programa de qualificação técnica e profissional de acordo com as vocações econômicas e peculiaridades de cada uma das regiões do Maranhão. “O nosso trabalhador precisa está qualificado e apto para o mercado de trabalho cada vez mais exigente”, assinalou ao explicar que a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) terá um papel especial nesse processo.

Lobão Filho citou ainda outras cidades e regiões que serão “vendidas” ao Brasil como São Luís, Balsas, Carolina, Florestas dos Guarás, Lençóis Maranhenses e Regiões dos Lagos. “Em Balsas temos a fronteira da soja. A cidade está abandonada. Vamos agir fortemente para mudar essa realidade e trazer novas empresas e propiciar aos maranhenses que queiram ser empreendedores a oportunidades de abrirem os seus negócios com todas as condições necessárias para que suas empresas ou empreendimentos sejam lucrativos e duradouros”, afirmou. 

Segundo o senador pelo PMDB a “sua missão de fé e compromisso de alma” é assegurar o crescente incremento e evolução da economia maranhense, mas com profundo “sentimento de justiça social e melhor distribuição de renda e das riquezas produzidas no Estado para garantir, ainda, o desenvolvimento mais equilibrado de todas as regiões do Maranhão”.

Lobão Filho destacou também que nas cidades ou regiões com grande potencial turístico, o governo terá uma atenção especial para evitar a degradação da fauna e flora maranhense. “Todas as nossas ações nessa área terão como essência a harmonia entre desenvolvimento e preservação e conservação ambiental”.

Hildo Rocha intensifica campanha em Buriticupu e Campestre

Em reta final de campanha, o candidato a deputado federal Hildo Rocha (PMDB) intensifica campanha em Buriticupu e Campestre.
Hildo Rocha com Lobão Filho, Zé Gomes e Antônio Pereira recebendo o carinho do povo de Buriticupu.

A ida de Hildo a Buriticupu foi ao lado dos candidatos ao governo e ao senado da coligação Pra Frente Maranhão, Lobão Filho (PMDB) e Gastão Vieira (PMDB), respectivamente, e do deputado estadual Antônio Pereira. O grupo foi recebido com festa pelo prefeito Zé Gomes, a primeira-dama Betel Santana, o ex-prefeito Gildan Medeiros, vereadores, lideranças comunitárias da sede e zona rural, empresários e segmentos religiosos. Os candidatos participaram de carreata e comício e receberam o carinho da população.
 Grande público prestigiou candidatos em Buriticupu.
Ao reafirmar seu apoio aos candidatos, Zé Gomes ressaltou mais uma vez o compromisso com a eleição de Hildo Rocha.
“O Hildo é um grande parceiro. Vamos elegê-lo porque ele tem trabalho prestado ao município, já provou que é competente, trabalhador, dedicado e muito experiente. Tenho certeza que ele irá nos representar bem em Brasília e nos ajudar a trazer mais benefícios para a população de Buriticupu”, reafirmou.

CAMPESTRE

De Buriticupu Hildo Rocha seguiu para Campestre, onde recebeu apoio do prefeito Valmir Moraes (PT), do presidente da Câmara, vereador Cláudio da Van (PRB), vereadores Amélia Aguiar Araújo e Josimar de Oliveira (Mazão), entre outros líderes municipais. O deputado estadual Leo Cunha, que faz dobradinha política com o ex-secretário estadual das Cidades em vários municípios também se fez presente no dia.
Valmir Moraes e deputado Leo Cunha.
“Voto e indico para todos você porque conheço e sei que não irão nos decepcionar. Os dois têm nos ajudado muito. E nós temos de reconhecer é quem trabalha, não quem traz apenas promessa. Se não fosse o Hildo, a nossa cidade não estava assim, com tantas obras”, ressaltou Valmir Moraes.

O apoio de Hildo Rocha ao prefeito, por meio de obras, foi destacado também pelos secretário municipal de Infraestrutura, Zé Moraes.

“O Hildo Rocha ajudou o prefeito Valmir Moraes. E a prova deste trabalho está nas ruas Mato Grosso e Minas Gerais e Avenida Curió, pavimentadas com asfalto de qualidade, com meio-fio e sarjeta. Sem o apoio do Hildo Rocha isto não teria acontecido”, agradeceu.
               Ato político de Hildo Rocha em Campestre foi prestigiado pelos moradores

Em seu discurso, nos dois municípios, Rocha deixou mensagem de compromisso aos que acreditam no trabalho que pretende desenvolver na Câmara Federal, voltado, principalmente, para o fortalecimento dos municípios.

Já fui prefeitos e sei das dificuldades que os gestores municipais enfrentam. Em Brasília, vou poder ajudar muito mais Buriticupu, Campestre e todos os municípios do nosso Estado, viabilizando recursos para melhorar a infraestrutura urbana, com mais asfalto, habitação, fortalecer a saúde e educação e criar espaços promoção o lazer e da cultura em cada cidade”, afirmou o candidato.

Da Assessoria 




Vereadores de Imperatriz ratificam apoio à reeleição do deputado Léo Cunha

João Silva e Caetana Frazão hipotecaram apoio total ao deputado Léo Cunha.

Os vereadores Chiquim da Diferro, Caetana Frazão e João Silva seguem firmes apoiando a reeleição do deputado estadual Léo Cunha (PSC). 

Os parlamentares destacam que com o trabalho realizado ao longo desse primeiro mandato, o deputado fez a diferença não apenas para o município de Imperatriz, mas para todos da região Tocantina, viabilizando a execução de várias obras através dos recursos que liberou junto ao governo do Estado.


"A atuação do deputado Léo Cunha me surpreende a cada momento, ele é atuante em toda a região Tocantina. Vemos a participação dele, o seu interesse no crescimento dos municípios, ele é um parceiro do prefeito de Imperatriz, para onde tem trazido muitos recursos para que o prefeito Madeira possa desenvolver uma qualidade de vida melhor para a população. E eu vejo que nós ganhamos muito com o deputado Léo Cunha, eu digo 'nós', porque ele tem trabalhado por nosso município e eu, como vereadora dessa cidade, tenho que dizer que nós estamos de parabéns com o deputado Léo Cunha. Ele tem se empenhado nas causas das necessidades do povo de Imperatriz, e nós só temos a parabenizá-lo pela excelente atuação e apoiá-lo para que ele continue trabalhando em prol de Imperatriz e da região Tocantina", disse Caetana Frazão. 

Para o vereador João Silva, através de seu empenho, o deputado Léo Cunha vem demonstrando uma forte liderança como representante da cidade de Imperatriz na Assembleia Legislativa.

"É notório que aqui em Imperatriz nós temos uma carência de líderes, e o Léo vem se destacando nesse cenário. Hoje ele já é um grande líder como deputado estadual, o que nos desperta uma expectativa muito grande. Ele é jovem, inteligente, competente, um grande deputado, filho de Imperatriz, que tem o nosso jeito, nosso costume e tem tudo para continuar sendo um grande líder dessa região. Por isso, por ser amigo da gente e de uma família maravilhosa, não poderia deixar de apoiá-lo, pois não tem aqui outra pessoa que se enquadre no perfil do Léo Cunha para que ele continue em frente, para que possamos continuar crescendo", destacou o vereador.

Já o vereador Chiquim da Diferro enfatiza que o compromisso que Léo Cunha vem demonstrando na Assembleia Legislativa foi decisivo para que o deputado continuasse contando com a parceria dele rumo ao segundo mandato.

"O deputado Léo Cunha é um dos mais atuantes que já vi aqui na cidade de Imperatriz. Ele tem mostrado compromisso não apenas com essa cidade, mas sim com todos os municípios vizinhos, e eu não poderia deixar de continuar apoiando ele, pois o ajudei no primeiro mandato e tenho certeza que pela atuação dele e pela pessoa que ele é, continuo apoiando e o povo de Imperatriz vai nos ajudar votando no melhor deputado que Imperatriz já teve até hoje", ressaltou Chiquim.

Para Léo Cunha, o apoio ofertado é uma grata satisfação, pois se trata de vereadores atuantes e que, assim como ele, estão empenhados em conseguir melhorias para o município.
"Estou muito contente em poder contar com a parceria de políticos com tamanha representatividade e que vivem a história de Imperatriz e, portanto, conhecem as necessidades da nossa população", ressalta.

Ao falar da parceria mantida com os vereadores, o deputado enaltece o trabalho prestado por cada um dos políticos em prol do município de Imperatriz.

"O Chiquim da Diferro é um grande lutador, autor de vários projetos importantes, sendo um político que realmente faz a diferença em Imperatriz. Temos o trabalho do João Silva, que é uma pessoa que muito contribui com a cidade, assim como a Caetana Frazão, que também está conosco nessa caminhada, e só tenho a agradecer a eles e dizer que as portas do meu gabinete estarão sempre abertas para que juntos possamos continuar lutando em favor de nossa população", frisou.

Da Assessoria 

Jeová Alves rever amigos de infância de Bairro onde morou quando era criança em Açailândia

Jeová 4
O candidato a Deputado Federal Jeová Alves (PSL) visitou eleitores e amigos de infância do bairro Laranjeiras, onde morou quando era criança.

Não muito diferente de outros bairros por onde já passou, o mesmo foi recebido de forma calorosa pelos amigos, que entusiasmados declararam apoio ao seu projeto político.

Por varias vezes, Jeová Alves se emocionou ao relembrar de momentos, que pra ele de muita importância, vivido na localidade, hoje muito diferente de quando o mesmo iniciou a vida pública.

Pra quem teve a oportunidade falar, o candidato reafirmou o compromisso de continuar lutando por melhorias para comunidade, pela qual ao longo de sua vida pública sempre defendeu.

Jeová 5
Da Assessoria 

Em São Luís, 16 são presos por suspeitas de ataques a ônibus

Dentre os presos, cinco têm 17 anos de idade.
SSP adota medidas para garantir a segurança da população.

Do G1 MA
Após ataques, ônibus foram tirados de circulação às 15h deste sábado (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Dezesseis pessoas foram presas no início da noite desse sábado (20), suspeitas de terem participado de ataques a ônibus na região metropolitana de São Luís. Destes, 11 foram apresentados na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

Os ataques foram contra quatro ônibus e um micro-ônibus, em São Luís e São José de Ribamar, municípios da região metropolitana de São Luís. Na capital, os atentados aos ônibus aconteceram nos bairros Alto do Pinho, Santa Bárbara e na sede da empresa Viação Abreu, no Jardim São Cristóvão. Já em Ribamar, um micro-ônibus que presta serviços de transporte alternativo, também foi queimado.

A operação que, ainda não tem data para terminar, está sendo coordenada pelo responsável do Comando de Policiamento Metropolitano (COM), Coronel Marco Antônio Alves. De acordo com o Coronel, dentre os 16 presos, cinco têm 17 anos de idade. Com eles, foi encontrado material inflamável, um revólver calibre 38 com 3 munições, além de um papelote de maconha para uso pessoal. Os suspeitos foram surpreendidos nos bairros Vila Brasil, Sol e Mar e Barragem do Bacanga.

Ainda segundo o Coronel, apesar das abordagens terem sido feitas em pontos diferentes da capital maranhense, a localidade da Barragem do Bacanga receberá uma atenção especial, já que naquela área, o fluxo de ações criminosas é considerada bastante alta. “A região metropolitana será monitorada com mais intensidade, mas daremos uma atenção especial a Barragem do Bacanga, pois lá a cão dos criminosos têm sido mais frequente”, disse o militar.

O Coronel Alves pediu uma maior cautela por parte da população, e afirmou que não há nenhum motivo para pânico, pois o policiamento nos próximos dias será extensivo por toda a área metropolitana de São Luís.

Até o momento, não há nenhuma confirmação que a ordem dos ataques tenha sido direcionada de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) afirmou que o trabalho de investigação vai continuar, e ressaltou ainda que todas as medidas já foram tomadas para garantir a segurança da população.

Leia a íntegra da nota:

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que as Polícias Civil e Militar identificaram e prenderam, em flagrante, 16 acusados de envolvimento nos ataques a ônibus em São Luís neste sábado (20). O trabalho de investigação continua.

A SSP ressalta ainda que todas as medidas foram tomadas para garantir a segurança da população.

Informa, também, que a situação no Complexo Penitenciário de Pedrinhas ficou controlada por todo o dia, com reforço no policiamento e presença do Batalhão de Choque, Força Nacional e Grupo Especial de Operações Penitenciária (Geop).